fbpx
4 Forças do Tráfego

4 Forças do Tráfego: Tudo o que você precisa saber sobre cada uma delas

No mundo do Marketing Digital existem 4 Forças do Tráfego. Quer saber em qual delas eu mais confio? Continua lendo que você vai descobrir.

O assunto de hoje é 4 Forças do Tráfego. Você sabe conceituar cada uma dessas forças e como elas ajudam a alavancar os seus negócios, sejam eles digitais ou físicos?

Faz algum tempo que eu estou insistindo e indo cada vez mais à fundo nesse assunto.

Antes de falar sobre cada uma delas e sobre a qual eu considero a principal, vou falar um pouco sobre a minha experiência neste mundo dinâmico do Marketing Digital.

Desde 2010 atuando com executivo de várias empresas, inclusive em startups, há 5 eu me especializei no Marketing de Indicação e um dos meus insights foi justamente estudar as 4 Forças do Tráfego.

Durante esse tempo, já criei mais de 100 programas impactando mais de 8.000 pessoas em cursos e palestras e gerando R$ 25 milhões em resultados para as empresas na qual prestei consultorias.

A maioria dos especialistas de Referral Marketing que atuam hoje no Brasil aprenderam comigo, pois hoje sou considerado por pessoas e empresas o maior especialista do país no Marketing de Indicação.

Pois bem, agora que já vendi meu peixe, eu vou direto ao assunto.

Até hoje, o mercado digital brasileiro sempre achou que só existissem 3 fontes de tráfego para o marketing digital.

  • O Tráfego orgânico;
  • O Tráfego Pago;
  • O Tráfego com parcerias entre influencer e afiliados;

No meu entender e pela experiência em como estou acompanhando o andar da carruagem, essa tendência deixou de fora o principal – o Tráfego de Referência, ou Referral Marketing, ou ainda Marketing de Indicação, como preferir. Por isso que eu falo sempre sobre as 4 Forças do Tráfego.

Essa fonte de tráfego que, para mim, é a maior do que todas as outras 3 forças somadas, é o maior canal de vendas do mundo.

E eu vou te explicar por que ao longo deste artigo sobre todos os detalhes das 4 Forças do Tráfego.

O grande problema é que no Brasil, as pessoas simplesmente esqueceram de utilizar as indicações dos seus clientes para fazer vendas.

E isso é um grande erro. Falei sobre esse grande erro de planejamento de crescimento neste artigo.

Uma confusão muito comum que se cria é a confusão com o Marketing de Afiliados.

Essa modalidade utiliza uma outra base para fazer vendas.

O tráfego de referência ou seja, o marketing em vendas por indicação, utiliza seus leads e clientes atuais indicando seus amigos para fazer venda.

É bom deixar claro – todo infoprodutor e empresário que não estiver incentivando seus leads e clientes atuais a indicar seus amigos para gerar novos leads e novas vendas estão deixando muito dinheiro na mesa.

Isso porque a grande vantagem do Marketing de Indicação é que você também pode usar leads já adquiridos na mídia paga para indicar seus amigos. Ele é a principal das 4 Forças do Tráfego.

Ou seja, a partir disso, é possível fazer muito mais leads sem gastar em anúncios e muitas vezes com custo zero.

A 4ª Força do Tráfego – o conceito que idealizei, é simplesmente utilizar seus leads atuais para indicar seus amigos, através de um programa de indicação.

Todo mundo já vendeu por indicação alguma vez, mesmo que não saiba. Por isso eu considero a principal força das 4 Forças do Tráfego.

Para relembrar, eu vou falar um pouco sobre cada uma dessas forças, mas antes vamos conceituar o que é tráfego.

O que é tráfego?

Tráfego é uma das principais ferramentas e é essencial para influenciar o sucesso de um produto ou serviço no meio digital.

Afinal, sem visitantes em suas páginas, não há leads, engajamento ou venda.

Essas 3 coisas são itens essenciais para um negócio na internet.

Comparando, é como colocar uma vitrine em uma rua onde ninguém passa.

Tráfego é como chamamos todo o alcance, visitas e visualizações que você recebe em suas páginas, sites, redes sociais, blogs e afins.

É uma métrica baseada nos acessos que o seu conteúdo recebe.

Ao trabalhar com marketing digital, seu objetivo deve ser sempre garantir a visibilidade do seu produto ou serviço no mercado online.

Se os clientes não encontram o seu produto, as vendas não acontecem.

Existem diversas fontes e estratégias para conseguir um bom fluxo de visitas ao seu conteúdo.

O Google, por exemplo, é uma grande fonte para sites por meio do seu sistema de buscas.

Assim com o Facebook, que não é um sistema de buscas, mas que tem a atenção de milhões de usuários pelo mundo.

Vou falar um pouco sobre as vantagens e as desvantagens de cada uma das 4 Forças do Tráfego.

Tráfego Orgânico

É considerado como tráfego orgânico todo o alcance que você consegue sem o impulsionamento pago de suas publicações.

Por isso, seja compartilhando conhecimento, contando história da sua marca, criando valor, educando e até mesmo entretendo.

Cada peça do conteúdo que você cria deve ser uma parte da sua marca e uma forma de aproximar e engajar o seu público e te ajudar a ser encontrado nas buscas.

Quando se alcança valores elevados de tráfego orgânico, isso indica que a sua empresa é conhecida ou gera conteúdo que interessa ao público sobre determinado assunto.

Isso é o que chamamos de autoridade, o que é ótimo para a imagem do seu negócio e rankeamento nos sistemas de busca.

É quando as pessoas chegam ao seu negócio por livre e espontânea vontade. Seja no negócio físico, internet, site, ou perfil do Instagram, as 4 Forças do Tráfego devem ser utilizadas.

Apesar de ser uma das forças mais baratas e que geralmente as pessoas são atraídas até lá, ela tem algumas desvantagens, pois você não tem necessariamente o controle.

Você não consegue aumentar e diminuir quando quer bater uma meta, por exemplo.

Tráfego Pago

A primeira das 4 Forças do Tráfego é o tráfego pago, que são anúncios publicitários criados através de plataformas específicas gerando acesso rápido ao seu site, ele também é conhecido como Link Patrocinado.

Para ilustrar, pense no Google Adwords.

Acontece quando você faz uma pesquisa qualquer na internet, os primeiros resultados que aparecem são algumas publicidades que estão em destaque. São os chamados links patrocinados.

Eles aparecem no Google e em qualquer outro site que tenha afiliação do Adwords.

O objetivo de fazê-lo é atrair pessoas para ver o conteúdo ou produto que você tem disponível para vender.

A diferença do Tráfego Pago para o Tráfego Orgânico é que no pago, você paga pelo clique.

Fácil de entender.

Quando investe em anúncios, seja no Facebook, no Google, na TV, no rádio, na TV.

A grande vantagem dessa, que é uma das 4 Forças do Tráfego, é que você pode ligar ou desligar quando quiser e acelerar e desacelerar quando quiser.

A desvantagem é que envolve dinheiro, é caro e não necessariamente você consegue controlar o resultado em troca do que investe.

Afiliados

Afiliados, Influenciadores, distribuidores, revendedores tem como principal vantagem de você terceirizar parte do seu processo de vendas.

O terceiro cuida de todo o processo através da sua audiência e leads.

O Marketing de Afiliados se baseia na divulgação que um afiliado faz de um determinado produto de um empreendedor ou empresa.

Em troca, ele recebe uma comissão para cada venda realizada, sendo que essa estratégia tem sido uma estratégia interessante para pessoas que queiram trabalhar com vendas pela internet.

Esse tipo de ferramenta é um formato relativamente novo e tem como objetivo trazer uma ampliação nas formas e canais de comunicação que centralizam a atenção do consumidor.

Dentro das 4 Forças do Tráfego, ela surgiu a partir de uma época em que as pessoas começaram a ficar cada vez mais exigentes e atentas, inclusive na hora da escolha do tipo de publicidade que as influenciam diretamente.

Os anúncios pagos por cliques passaram a ser mais utilizados, assim como a publicidade em portais e todo tipo de divulgação on-line.

Em alguns segmentos, com o passar do tempo, a concorrência cresceu e os preços por clique aumentaram muito.

A grande desvantagem é que você não controla exatamente como a mensagem chega até o outro lado e também precisa pagar comissão.

Tráfego por Referência – A principal de todas elas!

Confundida frequentemente com a terceira, ou seja, com o tráfego por Afiliados. Ao meu ver, a principal das 4 Forças do Tráfego.

A força do Tráfego por Referência é quando você usa toda sua base de clientes e leads atuais para gerar novas vendas e novos leads.

Não confundir com afiliados que tem uma audiência de terceiro e tem interesse financeiro, pois demanda comissão.

É a força que eu tanto falo por aqui.

A vantagem é que não envolve dinheiro, não precisa trabalhar com descontos e não precisa trabalhar com terceiros no meio da relação que pode distorcer a mensagem.

Além disso, não precisa de mídia paga e você consegue acelerar ou desacelerar através de campanhas de ativação dentro do negócio.

Ainda que eficiente, o Referral ainda é pouco utilizado no Brasil, tendo em vista o grande resultado que ele pode alcançar.

Grandes empresas utilizam a estratégia do Referral e tem tido bons resultados com a principal das 4 Forças do Tráfego, como por exemplo, o Dropbox, AirBnB, Netflix e Uber, só para citar algumas delas.

Um exemplo claro de como o marketing de indicação funciona no mundo digital é o popular aplicativo de transporte Uber. Você provavelmente já mandou ou recebeu aquela indicação promocional com um código de desconto.

Se um estranho mandou esse código para você, com toda certeza você deve ter apagado a mensagem. Mas se foi um amigo, talvez seja ele quem vendeu o Uber para você, por meio da indicação.

Basicamente o Marketing de Indicação funciona da seguinte maneira, pela indicação, o cliente que já faz parte da sua base, recebe uma determinada recompensa, que pode ser produtos ou serviços de outras marcas, pacotes adicionais, assinaturas, entre outros prêmios.

Se você pretende a começar a investir no seu marketing de indicação com um programa de indicações é bom saber como os seus clientes veem a sua marca.

Faça uma pesquisa de métricas para descobrir quem são os seus promotores e detratores.

Desta maneira você conseguirá saber o que motivou o seu cliente a comprar de você com os primeiros e coletar retorno com os segundos.

Costuma ser um dos canais mais baratos e costuma trazer mais leads qualificados, afinal de contas, ninguém recomenda fraldas a quem não tem filhos. 

Trabalhe com indicação dos seus clientes e leads atuais é muito mais negócio.

  • Mais barato;
  • Não precisa gerenciar afiliado que fala bobagem;
  • Gera valor pro cliente e lead;
  • Todos os recursos estão dentro de casa;
  • Também é escalável;

Na minha opinião e pelo o que eu tenho observado é que o Marketing  de Indicação no infoproduto vai ser maior que o mercado de afiliados.

Tem gente que já se ligou que referral dá resultado e é a mais forte das 4 Forças do Tráfego.

E o que me motiva é ver as pessoas que tiveram resultado com isso, eu gosto muito de conhecer as pessoas e conversar com todas elas que me abordam e pedem pra tirar fotos depois de palestras e elas estão antenadas, elas já se ligaram que isso dá resultado e funciona

As quatro forças de tráfego são uma análise que eu faço sobre todos os canais de aquisição que um determinado negócio, profissional liberal ou pequeno empreendedor tem.

Uma coisa que eu descobri na minha experiência de trabalhar com mkt digital desde 2010, sendo executivo de várias empresas e head de startup é que quem mais cresce é quem masteriza a estratégia de canais, ou seja, quem tem vários canais colaborando para trazer resultado para sua empresa.

Não é quem tem um canal ou dois.

Aliás, pode ser que um ou dois sejam os melhores e mais eficientes, mas quem masteriza é quem ganha o jogo.

Então existem 4 Forças do Tráfego que a gente pode explorar e utilizar no nosso negócio.

Você está utilizando todos que estão à disposição do da sua empresa ou só correndo atrás da máquina?

Deixe seu comentário e vamos fazer acontecer. Estou aqui para te ajudar nisso.

2020 é o ano do planejamento do seu negócio e você não pode deixar escapar as oportunidades que estão surgindo.

Saia do usual e arrisque no certo. Seus clientes confiam no seu produto e no serviço. Aproveite esse momento.

Além de abrir a possibilidade de vender mais para seus próprios leads e clientes, incentive-os a indicar sempre.

É a melhor oportunidade e a mais barata, de crescimento para o seu negócio neste ano e nos outros que estão por vir.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto.

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. 

Poucas vagas disponíveis.

4 Forças do Tráfego

Me acompanhe nos outros canais:
InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Sobre o Autor:

Gostou do conteúdo? Veja mais nas minhas redes sociais:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário:

Rolar para cima