fbpx
como vender mais

Como vender mais com marketing de indicação + 10 dicas

Como vender mais e melhor? Veja aqui como o marketing de indicação pode ajudar nas vendas + 10 dicas para vender ainda mais!

Como vender mais com marketing de indicação + 10 dicas

 

O momento complexo da pandemia do coronavírus expôs de forma geral as dificuldades dos empreendedores e empresas. 

No entanto, eu venho falando há muito tempo sobre as oportunidades que estão surgindo, ou seja, do momento de redescoberta pelo qual todos estão sendo praticamente obrigados a passar. 

Como você já sabe, ao longo de toda a minha experiência como empreendedor e marqueteiro, venho falando da importância de se utilizar o marketing de indicação para o aumento rápido e assertivo das vendas, ou seja, de forma que as empresas não precisem de imediato de grandes investimentos ou então fornecer descontos. 

O artigo de hoje do blog eu vou dar dicas importantes de como vender mais com o marketing de indicação, além de outros toque importantes para sua retomada. Continue acompanhando. 

 

O que é marketing de indicação e como ele pode ajudar nas vendas?

 

O Marketing de Indicação é o método de gerar vendas utilizando os seus próprios clientes atuais. Se os seus clientes estiverem satisfeitos com seu produto ou serviço, a tendência dele indicar a experiência positiva para amigos, familiares e conhecidos é enorme.

Pare para pensar. Clientes que são indicados têm uma tendência muito maior à retenção e fidelização ao produto e serviço do que outros que vieram de outros canais de vendas.

Porém, mesmo com toda essa eficiência comprovada deste tipo de estratégia, o Marketing de Indicação ou Referral Marketing é pouco lembrado e usado na hora das empresas conquistarem novos clientes aqui no Brasil.

Definitivamente, os profissionais de marketing e empreendedores não se deram conta de que ele é um programa e não uma simples campanha ou ação isolada.

Eu costumo sempre dizer que um programa de indicações bem planejado pode mudar completamente a história do seu negócio, seja ele voltado ao B2B, B2C de qualquer segmento do mercado de produtos e serviços.

O melhor de tudo isso são os resultados constantes que ele pode trazer durante anos e anos.

Eu falo todos sobre os detalhes do marketing de indicação neste artigo.

Para sua empresa absorver todas as vantagens do marketing de indicação e como vender mais com ele, uma auto-avaliação se faz necessária. 

E nada melhor do que você começar fazendo uma análise da sua presença digital.

Observe se a sua empresa ou marca aparece no Google quando é digitada e se os seus perfis nas redes sociais estão ativos e de acordo com a sua persona. 

Uma boa oportunidade, é você marcar presença digital, promovendo seu conteúdo como se ele fosse um argumento a mais, gerando reputação, autoridade e credibilidade na internet.

Por si só, essas ações já dão argumentos e ferramentas para seu cliente indicar você ao círculo dele. Isso já dá bastante resultado.

Depois de fazer o básico – alimentar e atualizar seus perfis em redes sociais, ter um site agradável de se navegar e estar presente em diversas plataformas, faça parcerias de conteúdo, participe de grupos importantes e você vai perceber que, naturalmente, os clientes começarão a falar sobre a sua marca, desenvolvendo inclusive as indicações.

 

Como vender mais com o marketing de indicação

 

Como eu disse lá no início, o Marketing de Indicação significa a minha contribuição em torno do que eu aprendi durante toda a minha experiência profissional desde muito jovem e que conduziu mais de 300 negócios e pessoas a gerar mais de R$ 25 milhões em faturamento como resultado.

Existem diversas estratégias com foco em como vender mais, concorda? 

No entanto, o boca a boca e a sua “versão completa e organizada” como eu costumo chamar o marketing de indicação, continua sendo uma poderosa ferramenta de vendas.

Enquanto antes você dependia exclusivamente da boa vontade do seu público em recomendar a sua marca. Atualmente, o Referral permite que você automatize o processo para incentivar e recompensar seus já clientes por indicarem novos.

Se você quer aumentar sua receita a partir das próprias vendas, o primeiro passo é você dar início no seu Programa de Indicação.

Neste artigo, eu praticamente dou o passo a passo para você montar seu primeiro programa com dicas incríveis que eu forneço em meus cursos e para os meus mentorados. 

É muito importante que você saiba que é possível fazer um modelo de estratégia de Marketing de Indicação para absolutamente qualquer tipo de negócio.

Para que você comece a montar seu programa de forma aplicável, a primeira providência a ser tomada é elaborar a mecânica do processo. 

Ou seja, como vai funcionar a estratégia propriamente dita que implica nas regras de indicação, quando e como seu cliente vai ser recompensado e todas as definições sobre seu conceito. 

Esse tipo de mecânica precisa ser definida, pois ela interfere em toda a logística no Referral Marketing, além disso, ela deve ser escolhida de acordo com seu tipo de venda e o ticket do produto.

No caso do B2B de baixo ticket e taxa alta de recompra, como no caso dos e-commerces, você pode optar por tornar seu programa de indicações mais transacional.

No caso de B2B de tickets mais altos, você pode optar por deixar o programa mais exclusivo, criando um uma espécie de “clube fechado” somente para clientes e embaixadores da sua marca.

Um outro exemplo de estratégia, é você criar um ranking de clientes indicadores e dar uma recompensa diferente ou até mesmo repetir essa recompensa sempre que o cliente trouxer mais indicações.

Eu sempre foi exemplo de rankeamento de indicadores dos games, que dão prêmios maiores conforme o número de indicados trazidos pelo cliente.

Portanto, a formatação da mecânica é um dos passos fundamentais para que você consiga fazer da sua estratégia de indicações um verdadeiro sucesso.

 

10 dicas para vender mais e melhor

 

Sem dúvida, como vender mais é uma das questões prioritárias de todo e qualquer empreendedor e empresa, não é verdade?

Além das minhas dicas sobre marketing de indicação que você já está acostumado a ler aqui no meu blog, eu separei algumas dicas importantes para dar aquela alavanca nas suas vendas. Confira. 

 

1 – Conheça seu cliente ideal

 

A primeira dica e que se encaixa totalmente nas estratégias do marketing de indicação é justamente analisar seus clientes atuais. 

Você reconhece qual o perfil dos clientes que já fazem parte da sua carteira? Sabe quem são seus principais consumidores que você já estabelece um relacionamento mais estreito? Faça essa análise para ter uma boa base de como saber como é a persona do seu cliente ideal. 

Isso porque através dessa análise você vai descobrir o por quê eles compram na sua empresa e quais são as necessidades que ele busca suprir com você.  

Entender as dores do cliente que já é seu permite que você compreenda o universo do seu público e crie ações mais direcionadas, focadas em como vender mais para quem já faz parte da sua base. Essa é a grande lógica do Marketing de Indicação, por exemplo. 

 

2 – Mantenha o foco na solução

 

Conhecendo as dores e os porquê da preferência do seu cliente com seu produto e serviço, é hora de focar em aprimorar a solução.

Qual estratégica com foco na solução costuma determinar que a empresa deve canalizar todas as energias para atender as necessidades dos clientes.

Isso faz com que ele se surpreenda positivamente com a solução que supera suas expectativas e que vai acabar levando à sua fidelização e, por consequência, incentivar a indicação. 

É fundamental que você reconheça essas necessidades e faça uma gestão estreita de relacionamento com ele, utilizando a tecnologia da comunicação existentes como redes sociais e outras ferramentas.

 

3 – Invista em marketing digital

 

Uma das questões mais óbvias quando a pergunta envolve em como vender mais, concorda? A presença digital é fundamental para a sobrevida no mundo dos negócios. E vamos falar a verdade, todo mundo sabe disso. Portanto, investir em marketing digital não quer necessariamente colocar dinheiro em anúncios e postagens patrocinadas. No início, fazer uma boa presença digital já é o suficiente.

Como eu disse lá em cima, observe como sua marca aparece no Google, adeque suas redes sociais e faça delas o seu canal de aproximação com seus clientes.

 

4 – Mantenha um bom relacionamento com o cliente

 

Você já ouviu falar da minha teoria do funil ampulheta? O funil ampulheta abre a possibilidade de você continuar a jornada mesmo após a venda.

Um erro muito comum na implantação das estratégias é justamente considerar que a jornada termina após a venda.

Pelo contrário, quando as pessoas me perguntam como vender mais, uma das coisas que eu sempre falo que é a venda é apenas a metade do caminho, ou seja, depois dela realizada, você ainda tem o pós-venda, o relacionamento e as ofertas de fidelização. 

Portanto, você manter um bom relacionamento com os seus clientes é uma das melhores ferramentas de faturamento, sobretudo no marketing de indicação.

Dando atenção a eles e inspirando confiança, a possibilidade de fidelização e indicações são muito grandes.

 

5 – Fidelize seu cliente

 

Um dos benefícios que Marketing de Indicação promove, através dos programas de indicação para o aumento de vendas é justamente se utilizar da fidelização.

Como eu falei aí em cima, o funil ampulheta abre a possibilidade de você continuar a jornada após a venda.

Isso porque a grande sacada de um bom programa de indicações é fazer você se utilizar das mecânicas e alavancas de vendas.

O mais legal de tudo isso é que algumas dessas mecânicas são perpétuas. 

Só para citar uma delas é a clássica “Indique e ganhe”. 

Basicamente, ela é promovida através da indicação dos amigos para que seu cliente obtenha benefícios exclusivos mediante indicação.

 

6 – Encontre o seu diferencial

 

O que vai diferenciar você da sua concorrência é justamente o diferencial que você tem a oferecer. Uma forma efetiva de você se diferenciar é justamente beneficiar seu já cliente através de um programa de com pontos, brindes e outras formas de tornar participativa a ação de indicação dele.

Vale lembrar que essa é uma forma de você estreitar cada vez mais o relacionamento com ele. 

Dentro das mecânicas, há uma muito legal que nada mais é do que a evolução do “Indique e ganhe”. Eu costumo chamar de escalada de prêmios.

Ou seja, consiste na melhora de prêmios e benefícios, conforme o seu cliente consegue indicar mais pessoas.

 

7 – Entregue com qualidade

 

Não esqueça nunca de entregar aquilo que você se propõe com qualidade. Sobretudo quando falamos do entendimento das mecânicas do seu Programa de Indicação, por exemplo. 

Uma coisa muito importante que tem que ser frisada é a necessidade de você sempre lembrar o seu cliente de indicar. 

Aliás, esse é um grande problema que acaba sendo cometido pela grande maioria dos empreendedores que implantam seu programa de indicação – falta de divulgação.

É muito comum que, apesar de existir o programa de indicação, o seu próprio cliente não saiba da existência dele. Atente-se sempre de lembrar que ele pode participar do seu programa e se beneficiar com isso.

Mais uma vez, é imprescindível que você alinhe essa comunicação com seu cliente para vender cada vez mais. 

 

8 – Promova Networking

 

Um networking rico e bem focado pode aumentar suas oportunidades de sucesso e aumento das vendas. Por meio da convivência e do apoio de pessoas com propósitos e objetivos parecidos, é possível melhorar projetos, fazer contatos e criar coisas totalmente novas.

Portanto, nunca perca a oportunidade estreitar seus contatos para falar do seu produto ou serviços nas oportunidades que pintarem.

 

9 – Faça pesquisa de satisfação

 

Quando me perguntam sobre como vender mais eu sempre falo da importância que seus clientes atuais estejam satisfeitos com seus produtos ou serviços.

Sua empresa não precisa estar com os clientes mais satisfeitos do planeta por todo o sempre para que sua estratégia do programa de indicações funcione de forma eficaz.

A segmentação é de momento, ou seja, basta saber segmentar os clientes que estão contentes com seu produto e serviço, em determinado período, para que ela funcione.

Um método eficaz de descobrir essas informações e de como elas estão reagindo à sua marca é utilizar a métrica global de mediação de satisfação, conhecido como NPS (Net Promoter Score).

Basicamente, essa pesquisa vem pela famosa questão: De 0 a 10, qual a probabilidade de você indicar a  empresa a seus amigos. Os resultados é o que medem o NPS.

Um outro grande exemplo de medir sua reputação é através das redes sociais. 

Nelas, há ferramentas de avaliações, opinião de quem usa e com que frequência utiliza seus produtos e serviços, quem já indicou e etc.

 

10 – Invista em um programa de indicação

 

Eu sempre falo que o melhor programa de indicação é aquele que funciona e que não tenham erros clássicos na sua estratégia.

89% das pessoas são propensas a indicar, no entanto, apenas 29% chegam a indicar.

Isso significa que de cada 10 clientes que são assíduos no seu negócio, apenas 3 chegam a indicar sua marca para amigos, colegas e familiares.

Formatando um bom programa de indicação, você vai sanar esse problema definitivamente de modo a absorver tudo aquilo que o seu cliente espera de você, sem contar que você vai vender mais através das indicações que eles irão trazer.

 

como vender mais

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto. 

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis.

 

Me acompanhe nos outros canais:

InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Sobre o Autor:

Gostou do conteúdo? Veja mais nas minhas redes sociais:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on facebook
Share on twitter

Deixe seu comentário:

Rolar para cima