Como trabalhar com marketing de afiliados? Veja aqui um GUIA COMPLETO para iniciar os seus trabalhos e ganhar dinheiro na internet.

Entre tantas estratégias que existem por aí, o Marketing de Afiliados é uma das mais utilizadas quando falamos sobre venda de produtos digitais e seus diversos aspectos.

Eu já dei uma prévia sobre esse assunto aqui neste artigo. 

Justamente por ser um assunto muito comentado no mundo digital é que vamos falar sobre isso no artigo de hoje. Portanto, continua acompanhando porque temos muito o que conversar. 

O que significa marketing de afiliados?

Basicamente, Marketing de Afiliados é uma forma de geração de rendimentos, que vêm através de uma estratégia de compartilhamento, indicação e promoção de produtos e serviços.

Ou seja, é quando você auxilia uma empresa, produto ou serviço nas vendas e recebe uma comissão por essa ação. Dentro desse sistema, há várias formas de se obter essa comissão, porém, o conceito é quase igual em todas elas. 

No Marketing de Afiliados, você promove algum produto ou serviço e recebe em troca um percentual do valor dessa venda que você ajudou a gerar, 

Essa estratégia não é algo novo. Há muito tempo que a ação de trabalhar sob comissionamento se tornou uma fórmula sustentável de parceria remunerada. 

Marketing de afiliados é uma forma de você gerar rendimento através de um trabalho de partilha, recomendação e promoção de produtos ou serviços de outras pessoas ou empresas. Basicamente, quando você ajuda uma outra empresa a conseguir vender um produto, recebe uma comissão por esse trabalho. 

Existem várias formas de comissionamento, mas o conceito é semelhante em todas elas, ou seja, você promove algo em troca de uma fatia do valor dessa venda gerada.

Como funciona o marketing de afiliados?

Em 1996 foi criado pela Amazon o primeiro programa de afiliados no internet, o Amazon Associates.

Ele existe até hoje e foi um dos principais responsáveis pelo crescimento da empresa, já que milhares de afiliados eram comissionados através da venda de produtos da Amazon.

Caso eles não gerassem vendas, a Amazon também não estaria investindo dinheiro nenhum com essa publicidade, uma vez que ela pagaria uma comissão somente por vendas realizadas.

O mercado de afiliados vai muito além de onde a gente imagina

Atualmente, existem programas de afiliados e ofertas para promoção em praticamente todas as áreas de negócio que se possa imaginar para trabalhar via internet. 

Com isso, significa que, por meio da internet, você também pode fazer promoção ofertas de outras pessoas e empresas em seus sites, blogs e redes sociais, usando isso como uma ferramenta para rentabilizar os seus conteúdos e tráfego.

Vamos entender agora, detalhadamente, como funciona todos os envolvidos no marketing de afiliados. 

Comerciante

Comerciante ou produtor é quem desenvolve o produto ou serviço e coloca à disposição para a venda. 

Ele também representar o criador, o vendedor, a marca, o revendedor ou uma grande empresa.

Esse indivíduo, empresa o marca tem como principal objetivo a venda do seu produto ou serviço.

Para que esse objetivo seja atingido, é necessário fazer uma boa divulgação a fim de alcançar o maior número possível de clientes em potencial. 

Para massificar essa divulgação ou lançamento e implantar um verdadeiro impulsionamento dessas vendas, o produtor ou comerciante tem a opção de buscar uma plataforma ou rede de afiliados.

Com isso, a sua prospecção de vendas aumenta e a probabilidade de escalar do seu negócio e ganhar muito mais dinheiro sem precisar investir tanto em anúncios também é efetivada.

Além disso, há um outro fator que beneficia a utilização do marketing de afiliados. 

Como os clientes na internet estão mais qualificados e exigentes, os afiliados promovem uma abordagem mais próxima e direcionada, o que favorece a estratégia de forma concisa.

Afiliado

O afiliado é a pessoa que faz a divulgação do produto ou serviço parceiro. Essencialmente, é onde o marketing de afiliados essencialmente acontece.

Também conhecido como editor, o afiliado faz a promoção da marca parceira e recebe o comissionamento a partir do momento em que as pessoas realmente adquirem o produto através da sua divulgação.

A grande vantagem é que ele tem a capacidade de engajar um público totalmente diferente do produtor.

Além de divulgar o produto nas redes sociais, é muito comum que os afiliados trabalhem com a criação de conteúdos de blogs, usando de estratégias do inbound marketing para conquistar leads e fazer conversão em vendas.

A partir de um link personalizado, é possível saber quantas conversões foram geradas e através de quais conteúdos ou páginas de vendas foram utilizadas por ele.

Consumidor

O consumidor ou cliente é a fundamental do marketing de afiliados, pois é ele quem faz todo o sistema fluir. 

Afinal, sem vendas não há nenhuma rentabilização para comissionamento. 

Esse é o grupo de pessoas que, de fato, passam de leads para clientes e a resposta deles é que impacta toda a estratégia desenvolvida pelos afiliados.

O consumidor é a preocupação principal, tanto na hora do afiliado escolher o melhor canal para divulgar seu conteúdo ou para decidir ser transparente sobre fazer parte de um sistema de marketing de afiliados e receber incentivos financeiros.

Rede

A rede equilibra a relação entre o afiliado e o comerciante, que vai desde o controle de pagamento até a entrega, trazendo mais seriedade para o sistema como um todo.

Embora não seja obrigatório, na maioria das vezes, o produtor lança o seu produto em uma plataforma ou programa de afiliados e o afiliado precisa entrar nesse sistema para conseguir promover a marca.

A rede, tanto na plataforma quanto programa de afiliados, então, serve de base de dados de muitos produtos, dos quais o afiliado pode escolher qual ele quer promover.

O processo funciona na seguinte sequência:

  • Produtor lança um produto;
  • Afiliado faz a divulgação em seus canais;
  • Consumidor clica e faz a compra;
  • O link da venda é rastreado;
  • Comerciante recebe o dinheiro da venda;
  • O afiliado recebe o comissionamento da venda;

Como em qualquer outro sistema de marketing, o marketing de afiliados e o sucesso do seu andamento depende da consistência de como ele é implantado.

Marketing de Afiliados vale a pena?

Na minha opinião, feito de maneira consistente e correta, vale sim. 

No entanto, é necessário ter um pouco de paciência para se colher resultados, especialmente se a sua estratégia passa por oferecer conteúdo de qualidade e afiliados.

Tanto a marca quanto o afiliado precisam gerir estratégias para que vendas sejam feitas, mesmo porque o principal desafio é driblar a concorrência e chamar atenção da audiência para o público. 

Benefícios do Marketing de Afiliados

A agilidade no processo de compra é uma vantagem do marketing de afiliados. Isso porque é muito mais fácil a venda de produtos online do que em loja física por muitos fatores. 

Um desses fatores é a variação de meios de pagamento, o que facilita a compra de clientes que não podem se deslocar para fazer a compra. 

Além disso, a grande vantagem é que a divulgação do marketing de afiliados acontece justamente onde o público está. 

Por exemplo, se um afiliado opta por divulgar um produto como um curso de culinária, ele pode utilizar um blog ou um canal no Youtube que fala sobre gastronomia.

Enfim, se tiver uma boa performance entre produtor e afiliado, essa é uma estratégia que pode dar muito certo sim e vale a pena apostar nessa tendência. 

Tipos de divulgação para afiliados

Como eu disse lá em cima, o marketing de afiliados não é focado apenas em produtos e serviços.

A estratégia também funciona bem para aquisição de leads e outros tipos de ações.

Nesse tipo de promoção, o afiliado é recompensado de acordo com o número de leads que ele consegue para o produtor.

Isso pode ser feito através de cliques, ações, leads, mil impressões, formulário ou vendas. 

O produtor decide qual desses subsídios são mais adequados para seus produtos e objetivos da estratégia. 

Vou falar sobre alguns desses tipos de divulgação. Confira.

CPC: Custo por Clique

A remuneração acontece por clique, ou seja, ele é remunerado sempre que alguém clicar no banner, pop-up, ou qualquer publicidade que estiver em exibição no seu blog, site ou redes sociais.

Nesse caso, a remuneração do afiliado dependerá diretamente do desempenho da campanha do anunciante no seu espaço.

CPA: Custo por Ação

O afiliado é remunerado quando usuários clicam na publicidade e realizam alguma ações na página de destino do anúncio.

Essas ações podem ser cadastros, solicitações de orçamento, baixar ebook, se inscrever em webinário ou fazer uma compra.

No entanto, nesses casos, não basta veicular a publicidade, o afiliado terá que utilizar a sua influência para falar sobre produto e convencer sua audiência de que aquela oferta é confiável.

Ou seja, se esse for o modelo escolhido, é fundamental caprichar na CTA (call to action).

CPM: Custo por mil impressões

Neste caso, o produtor ou anunciante remunerado com valor fixo o afiliado, que recebe quando o banner publicitário consegue alcançar mil visualizações.

Sempre que um usuário acessa o seu blog, ele gera um pageview (visualização) e, consequentemente, uma impressão do banner publicitário.

Com isso, o número de impressões equivale à quantidade de pageviews do blog, partindo do pressuposto de que quem navega em uma página já está sendo impactado pela publicidade que está ali.

Isso, claro, se você considerar que os banners estão em posições privilegiadas em todas as páginas, de forma que todas as visitas automaticamente geram visualizações.

Aí o custo por mil impressões acaba sendo uma opção muito mais interessante para os afiliados que costumam ter muitos acessos recorrentes na sua página.

Porque assim ele é pago sempre, sem precisar depender de quantos visitantes chegam a clicar no banner.

CPV: Custo por Venda

O custo por venda é a melhor opção para pequenos empreendedores.

Nesse caso você só investe o seu dinheiro quando, de fato, o afiliado gera vendas para a sua empresa.

A mensuração da quantidade de vendas é feita através da parceria, são gerados links diferenciados pela plataforma para cada um dos afiliados.

Isso permite que as comissões sejam calculadas e processadas de forma automática na hora da compra.

Com isso, é só escolher a opção que faça mais sentido para você e para a sua estratégia de marketing digital.

Independente da estratégia ou modelo de comissão escolhido, é importante que as partes estabeleçam uma relação onde todas as condições fiquem realmente claras.

CPL: Custo por Lead válida

A validação das leads é a grande sacada nessa etapa de marketing de afiliados.

O papel do afiliado é despertar o interesse do público a respeito do produto ou serviço.

Isso porque, além de preencher um formulário e fornecer seus dados e seu email, por exemplo, a pessoa precisa confirmar essa inscrição.

Na sequência, ela precisa ir no email recebido para clicar em um segundo link que comprova que ela realmente está disposta a ouvir mais sobre o que determinada marca tem a oferecer.

Uma ótima alternativa para quem tem como objetivo principal ter leads mais quentes para o negócio.

Custo por Formulário

O objetivo do afiliado atrair o visitante e fazê-lo a se inscrever em um determinado formulário, seja simples ou complexo.

Através tipo de divulgação, o produtor consegue mais pessoas na sua lista de cadastros e o afiliado ganha independente se o usuário em questão chegou ou não a se tornar um cliente da empresa.

Se houver preenchimento do formulário, o afiliado já é remunerado.

Como trabalhar com Marketing de Afiliados?

Para trabalhar e implantar a estratégia de marketing de afiliados, você precisa seguir alguns fundamentos para que ela flua de maneira consistente. 

Vou dar alguns passos fundamentais para você seguir. 

Escolha o Programa de Afiliados

Neste passo, você precisa procurar canais com concentração de clientes em potencial na sua área. 

Com isso, sua estratégia de marketing de afiliados precisa de um programa compatível.

Continuar mapeando personas e escolhendo outros produtos ou serviços para divulgar também pode ser feito conforme seu negócio for amadurecendo. 

Escolha os produtos para divulgar

Neste momento, é hora de fazer suas escolhas de produtos ou serviços que são mais adequados para o seu público.

De nada adianta oferecer um produto que não tenha a ver com seu público. Por exemplo, não faria sentido oferecer um curso de direito para quem cursa matemática.

É preciso que você tenha consciência que no marketing de afiliados você precisa gerar valor para o seu público. 

Posteriormente, analise os modelos de comissionamento e veja quais são compatíveis com o seu método de divulgação. 

Não esqueça de conhecer em detalhes os produtos antes de fazer a divulgação, para que sua estratégia de marketing de afiliados tenha credibilidade. 

Ou seja, antes de proceder com sua afiliação, se informe, avalie e tire suas próprias conclusões.

Eduque sua audiência sobre o produto

Uma boa estratégia é educar o seu público sobre o produto que você está divulgando através do marketing de afiliados. 

Isso é bom para gerar recorrência e informar sua audiência para prepará-la para venda. 

Você pode fazer isso através de algumas demonstrações, reviews, dicas e provas sociais. Procure utilizar vídeos e lives para esse tipo de divulgação.

Divulgue sua oferta

Se tiver possibilidade, invista em anúncios para ajudar a turbinar sua divulgação. Isso dá mais visibilidade para oferta e aumenta as chances de vender. 

No entanto, tome cuidado e se preocupe em fazer anúncios persuasivos e com uma boa apresentação para passar confiança. 

Enfim, vale a pena a pena você investir no marketing de afiliados que tem se mostrado uma boa estratégia tanto para o produtor quanto para o divulgador. 

No entanto, é bom sempre lembrar que o marketing de afiliados é apenas uma das estratégias para alavancar seu negócio digital.

Uma delas é o Marketing de Indicação que também pode ser desenvolvido em conjunto com o marketing de afiliados.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto. 

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis.

Marketing de afiliados

Me acompanhe nos outros canais:

InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Curtiu? Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados