Mais indicações para o seu negócio já na primeira semana

Mais indicações para o seu negócio já na primeira semana! É o que um bom Programa de Indicações pode fazer para o seu negócio

Está em busca de mais indicações para o seu negócio de forma rápida e com constância? 

Você já sabe que as indicações do seus clientes ajudam a fidelizar novos clientes para seu negócio através de um bom Programa de Indicações, não é mesmo? 

As recomendações daqueles que já são seus cliente são ferramentas importantes para a aquisição de novos clientes e a boa notícia é que, desde que o programa seja bem formato, pode se tornar uma fonte inesgotável de recursos. 

Quer fazer isso de forma rápida para que novos clientes cheguem ao seu negócio ainda na primeira semana? 

Então continue acompanhando o artigo para saber como você conquistar mais indicações para o seu negócio na primeira semana. 

Organize seu Programa de Indicação 

 

Se você acompanha aqui o blog, você já deve saber que o Marketing de Indicação é o método de gerar vendas utilizando apenas seus próprios clientes. 

Ou seja, se os seus clientes estão satisfeitos com seu produto ou serviço, a chance dele indicar a experiência com familiares e amigos é muito grande.

Isso porque o ato de indicar ou recomendar, é natural ao ser humano, como já explicamos algumas vezes para você por aqui. 

E o melhor de tudo isso é que clientes indicados têm uma tendência muito maior à retenção e fidelização do que os outros provenientes dos demais canais de venda. 

Um programa de indicações bem planejado pode mudar completamente a história do seu negócio, seja ele voltado ao B2B, B2C de qualquer segmento do mercado de produtos e serviços.

Mais indicações para o seu negócio utilizando alavancas de crescimento

 

Alavancas de Crescimento nada mais são que as oportunidades de crescimento já existentes dentro do seu seu negócio e que geralmente demandam pouco investimento.

Em resumo, as Alavancas de Crescimento colocam dinheiro no seu bolso e fazem você sair daquela rodinha dos hamsters (sim, aquela que por mais esforço que possa ser feito, continua no mesmo lugar) indo atrás de clientes novos todos os dias – o que todo mundo acredita ser primordial para crescer. É fundamental para mais indicações para o seu negócio na primeira semana.

Uma pequena minoria dos empreendimentos enxergou que uma das bases do crescimento são os Programas de Indicação, pelos quais você utiliza sua própria carteira de clientes já existentes dentro da sua empresa para gerar receitas adicionais com custos muito menores.

Se utilizando das alavancas corretamente, você certamente vai conseguir mais indicações para o seu negócio de forma rápida.

Vamos falar sobre algumas delas.

Mantenha seu cliente sustentável com aqueles que já são seus clientes

 

Para fortalecer a sustentabilidade entre você e o seu cliente, ou seja, fortalecer a relação entre os dois, você terá que tomar a frente em uma importante tomada de decisões.

Saber o que pensa o cliente, entender os seus hábitos de consumo e captar as tendências do mercado são estratégias-chave para o crescimento de todo qualquer empreendimento.

Além de valorizar o cliente, atrair novos consumidores e fortalecer o negócio, o investimento nesse relacionamento pode conquistar o sonho de todo gestor: compradores que são fãs e divulgadores de sua marca e certamente irão trazer mais indicações para o seu negócio na primeira semana.

Há dois macetes importantes que você precisa conhecer e aplicar na sua estratégia: Upsell e Cross Sell. 

Upsell tem como definição o fato de que qualquer compra realizada pelo seu cliente que deixa o plano dele mais caro ou mais premium que a sua versão mais simples.

Você pode, por exemplo, aumentar os canais de sua assinatura de TV, ou colocar o dobro de queijo no seu sanduíche.

Ficou claro o exemplo de upsell?

O ponto chave é que os produtos, nesses dois casos, são complementares ao original, melhorando ou aumentando a versão inicial.

O cross sell acontece quando um cliente realiza uma compra de produtos relacionados ao original.

Ao invés do upgrade proposto no upsell, esses produtos auxiliam na mesma experiência que a compra inicial iria proporcionar.

Por exemplo, você compra um tênis e é sugerida uma meia acompanhada de um desconto. Essa estratégia é muito usada e você já deve ter visto a famosa frase:  “Clientes que compraram este item também compraram…”

Investir no relacionamento é fundamental

 

Para conseguir mais indicações para o seu negócio, aproveite a afinidade que o seu cliente já tem com você. 

Invista no relacionamento e na melhora do atendimento, na maneira de tratar os consumidores até na utilização da tecnologia para deixar a transação mais rápida e confiável.

Atenda da forma que gostaria de ser atendido sempre, se colocando no lugar dele.

Afinal, sabe aquele lugar que você foi mal atendido? Provavelmente você não vai voltar lá e nem menos indicar para seus amigos.

Por isso é importante que você contenha o seu cliente através de um atendimento de excelência.

Trate seu cliente em seu canal de atendimento como VIP, de forma personalizada e com sensação de exclusividade.

Programas de fidelidade são aliados no crescimento da indicações

 

Programas de fidelidade são bons atrativos e estratégias de contenção de clientes que vão fortalecer as suas Alavancas de Crescimento e favorecer a mecânica de mais indicações para o seu negócio já na primeira semana. 

Ofereça descontos dentro da sua margem ou vantagens.

Isso dará a sensação de benefício para ele.

Importante lembrar que para um programa de fidelidade ter engajamento correto, é preciso seguir algumas normas básicas:

– Regulamento fácil de entender;

– Oferecimento de vantagens que seus clientes realmente desejam ter;
– Incentive sempre a participação efetiva no programa;
– Tenha sempre em mãos informações de comportamento do seus clientes;

 

Invista na experiência do cliente e na estratégia pós-venda

 

Surpreender os seus clientes mantém a empresa em suas mentes, reforça os seus valores e sustenta as chances de você conseguir mais indicações para o seu negócio.

Assim, é imperativo investir na experiência do cliente.

Isso implica, às vezes, em ter flexibilidade nas negociações. Afinal, cada cliente tem suas próprias circunstâncias e problemas.

Digamos que você tenha um e-commerce de vestuário, sua política de devolução é de 30 dias, mas o cliente não conseguiu devolver o produto por estar fora da cidade ou outro motivo.

Ao invés de se recusar a devolução, não faria mais sentido você aceitá-la e oferecer um reembolso ou crédito na loja?

Com certeza, seu cliente se sentiria mais satisfeito e propenso a voltar a fazer negócios com você no futuro e suas alavancas de crescimento estarão cada vez mais firmes.

Um dos erros mais recorrentes que a maioria das empresas cometem é achar que, após a venda, o trabalho está concluído.

Com o mercado altamente competitivo que temos hoje, desenvolver o pós-venda implantando as alavancas é tão necessário quanto convencer o cliente a fechar o negócio pela primeira vez.

Estar presente depois da venda demonstra para o cliente o seu interesse no sucesso dele.

Telefonemas ou até mesmo reuniões presenciais de follow-up devem ser feitas regularmente.

O follow-up é uma excelente maneira de medir o nível de satisfação do cliente, pedir feedback, oferecer suporte técnico e esclarecer dúvidas quanto ao funcionamento do produto ou serviço.

Você também pode utilizar esse momento para educar seus clientes com material e informações de qualidade, relevantes para as suas necessidades.

Pense em uma recompensa que seu cliente gostaria de receber pela indicação

 

A recompensa é o segundo fator preponderante dentro do Marketing de Indicação.

Muitos pensam que a recompensa por si só já vai fazer as coisas acontecerem mas, na prática, não é bem assim que funciona.

Para começar, a recompensa deve encaixar no seu Custo de Aquisição de Cliente (CAC). 

Você precisa ter claro qual é esse número antes de começar a pensar no prêmio que você pretende dar.

Um erro muito cometido é imaginar dar um prêmio hiper desejado como um celular de última geração, por exemplo.

O risco de atrair os famosos “caçadores de promoções” é muito grande e eles não condizem com a persona do seu negócio.

Outro erro clássico é na concessão de descontos, principalmente no modelo B2B.

Isso porque o desconto não gera valor para seu cliente e, geralmente, quem usa o seu produto ou serviço nesse modelo, não é a mesma pessoa que paga. 

Com isso, o cliente final, não sente o benefício do desconto e não se motiva a fazer a indicação. Simples assim.

Escolha recompensar que gerem valor ou facilidade na vida da pessoa, como créditos, upgrades de planos, acessos a conteúdos ou eventos exclusivos, experiências ou até mesmo assinaturas de outros serviços como Netflix e Spotify.

Explore o melhor momento do seu cliente para receber mais indicações para o seu negócio

 

Um fator extremamente importante e que tem a ver com a psicologia do cliente.

Indicar precisa ser simples! De maneira nenhuma pode ser algo trabalhoso e estar escondido, fazendo o cliente perder tempo e se sentir desmotivado à indicação.

Para que as indicações aconteçam, é preciso que haja a ativação, lembrando sempre que ele – seu cliente – tem a oportunidade de participar de um programa de indicações que vai lhe conceder benefícios únicos.

A escolha do momento é a chave do sucesso da estratégia. 

Há momentos que estamos mais satisfeitos com a empresa e outros em que estamos neutros.

Lembre-se sempre que você precisa lembrar o seu cliente para indicar aproveitando o momento feliz dele.

O que isso quer dizer? Quando ele resolve um problema através de um atendimento bem sucedido, por exemplo ou logo que ele atinge os primeiros resultados positivos com seu produto ou serviço.

Para isso, nunca se esqueça de utilizar de todos os canais disponíveis da sua empresa – inclusive das redes sociais, para potencializar os resultados do Marketing de Indicação também.

Analise todas as métricas

 

Medir com regularidade e exatidão as suas métricas no canal de indicação é um caminho importante para você conquistar mais indicações para o seu negócio 

É um passo que a maioria das empresas não se atentam – o que acaba dificultando a otimização de qualquer estratégia.

Anote as 4 métricas que você não pode deixar de calcular.

A primeira delas é a taxa de penetração.

Tenha no topo das anotações do seus clientes ativos quantos promoveram indicações. 

Ou seja, quantos clientes participaram do programa de indicações. 

Relacionando essa métrica com seu NPS, ela vai otimizar seu canal de referral marketing para ativar a taxa de penetração.

A segunda são as indicações per capta.

Essa métrica vai calcular quantas indicações, em média, foram recebidas ao longo de um determinado período pelos seus clientes que fazem indicações.

Essa métrica é muito bacana para você construir otimização dentro da sua estratégia de Referral Marketing.

Isso porque é muito mais fácil obter novas indicações de quem já indica do que daquele cliente que nunca indicou. 

Uma outra é o número de indicações recebidas. 

Consiste apenas calcular quantos leads você recebeu no programa de indicação. É uma métrica que se assemelha à métrica anterior, porém, apesar de simples, tem muitos que não medem isso.

A última é a taxa de conversão.

Essa é a métrica mais importante e também a mais ilusória, afinal, você pode estar pensando “Se cada um dos meus clientes indicar 3 amigos eu fico rico!”.

Ainda que nas contas isso possa ser possível, na prática não funciona bem assim.

O Referral Marketing é um canal de vendas e como qualquer canal, terá o seu funil e como em qualquer funil, terá uma taxa de conversão ao longo da jornada.

Não serão todos os clientes que vão indicar e nem todas as indicações irão comprar.

Neste momento, você vai precisar calcular quantas vendas foram geradas por indicação recebida.

Quando você calcular sua taxa de conversão, envia para a gente analisar juntos!

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto.

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis.

Mais indicações para o seu negócio

Me acompanhe nos outros canais:
InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Curtiu? Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados