Veja aqui alguns exemplos de marketing de indicação para criar um programa eficiente. Aprenda com o Maior Especialista do Brasil!

De todas as 4 Forças do Tráfego, o Marketing de Indicação é o que mais traz resultados práticos, sobretudo para o momento pelo qual estamos passando. 

Se você ainda não sabe quais são as 4 Forças do Tráfego eu recomendo que você leia este artigo aqui

No artigo de hoje, eu quero dar a você alguns Exemplos de marketing de indicação para você formatar seu programa de forma eficiente.

Ao longo de todos os anos em que venho apostando nessa estratégia, eu consegui, junto aos meus alunos e mentorados mais de R$ 25 milhões em faturamento. 

E quer saber o melhor disso tudo? Sem precisar dar descontos, investir em anúncios, afiliados e utilizando apenas a sua base de clientes atuais. 

Então continue lendo o artigo que eu vou passar alguns Exemplos de marketing de indicação importantes que você poderá aplicar no seu negócio. 

 

Como o marketing de indicação pode ajudar a aumentar as vendas?

 

Antes de mais nada, é preciso dizer que alinhar e definir estratégias de marketing são passos essenciais para qualquer tipo de negócio.

Eles devem ser pensados, sobretudo, para atingir o público e a persona ideal para uma comunicação direta e assertiva para canalizar energia e investimentos de forma correta para conversão.

Existem vários tipos de estratégia e cada uma delas tem sua peculiaridade, seja na forma orgânica ou patrocinada.

No entanto, é sobre o marketing de indicação que eu sempre venho falando, até mesmo por ser o maior especialista do Brasil no segmento. 

Eu sempre bato na tecla de que a indicação é algo que faz parte da natureza do ser humano, ou seja, de todos nós. 

E isso vem desde os primórdios quando os homo sapiens passaram a se comunicar de forma a indicar onde havia perigo ou comida, por exemplo. 

Trazendo para o tempo presente, quem nunca indicou algum produto ou serviço para um amigo próximo ou familiar, não é mesmo?

Já que você já sabe disso, existe uma parte técnica que comprova a eficácia da indicação. Algumas pesquisas dizem que mais de 90% dos consumidores confiam muito mais na opinião de pessoas próximas do que em qualquer tipo de mídia de publicidade.

Porém, agora vem a parte importante. Apesar de quase todo mundo saber da eficácia da indicação, ela ainda é muito pouco utilizada de forma organizada. 

Ou seja, muitos empreendedores estão deixando dinheiro na mesa, justamente por não terem criado um programa ativo de indicações. Recomendo você ler esse artigo para saber mais detalhes sobre isso. 

Portanto, o marketing de indicação pode se tornar uma poderosa ferramenta de vendas (eu aposto que seja a maior!), com você se utilizando de um bom programa de indicações. 

Continue acompanhando o texto para saber como você pode aumentar suas vendas através do Referral Marketing.

 

Criando um funil de vendas natural 

 

Como você já deve saber, o Funil de Vendas é um “objeto” fundamental para qualquer estratégia de marketing. 

Através do funil é que a empresa pode metrificar o volume e a taxa de conversão do seu negócio, ou seja, o quanto de investimento de recursos e tempo você e seu time de vendas está gastando para converter em vendas. 

Na visão do Marketing e Vendas de Indicação, esse funil acaba sendo construído de forma natural, pois a propensão dos novos clientes já chegarem até você com propensão de compra é muito maior. 

Isso porque eles já vêm indicados por aquele cliente que já é seu e conhece seu produto ou serviço.

Eu sempre falo em meus treinamentos, cursos e artigos, do Funil Ampulheta. Eu chamo de ampulheta porque, ao contrário do funil tradicional, onde a venda é o último estágio a ser explorado, no Marketing de Indicação, o pós-venda pode e deve ser aproveitado.

No meu entendimento, a venda é apenas a metade do caminho, por mais que a venda tenha gerado lucro. Depois dela, há um horizonte infinito a ser explorado. 

Isso inclui a oportunidade de você fidelizar o seu cliente com outros produtos e serviços, implantar estratégias de venda cruzada – também conhecida como “Cross Sell” e, principalmente, promover um atendimento de qualidade para seu cliente voltar a consumir com você o mais rápido possível. 

 

Promovendo a fidelização de clientes

 

Sem dúvida nenhuma, o que o Marketing de Indicação promove, através dos programas de indicação para o aumento de vendas é justamente se utilizar da fidelização.

Vamos pensar juntos. Como eu falei aí em cima, o funil ampulheta abre a possibilidade de você continuar a jornada após a venda.

Isso porque a grande sacada de um bom programa de indicações é fazer você se utilizar das mecânicas e alavancas de vendas.

O mais legal de tudo isso é que algumas dessas mecânicas são perpétuas. 

Só para citar uma delas como Exemplos de Marketing de Indicação é a clássica “Indique e ganhe”. 

Basicamente, ela é promovida através da indicação dos amigos para que seu cliente obtenha benefícios exclusivos mediante indicação.

Dependendo das suas possibilidades, ele pode sempre ser beneficiado com pontos, brindes e outras formas de tornar participativa a ação de indicação dele.

Vale lembrar que essa é uma forma de você estreitar cada vez mais o relacionamento com ele através Exemplos de Marketing de Indicação

Dentro das mecânicas, há uma muito legal que nada mais é do que a evolução do “Indique e ganhe”. Eu costumo chamar de escalada de prêmios.

Ou seja, consiste na melhora de prêmios e benefícios, conforme o seu cliente consegue indicar mais pessoas.

Uma coisa muito importante que tem que ser frisada é a necessidade de você sempre lembrar o seu cliente de indicar. 

Aliás, esse é um grande problema que acaba sendo cometido pela grande maioria dos empreendedores que implantam seu programa de indicação – falta de divulgação.

É muito comum que, apesar de existir o programa de indicação, o seu próprio cliente não saiba da existência dele. Atente-se sempre de lembrar que ele pode participar do seu programa e se beneficiar com isso. 

Falei sobre esse e outros problemas que podem fazer seu programa de indicações falhar neste artigo

 

Liberando a entrada de leads mais qualificados

 

Ainda sobre o aspecto de não esquecer de lembrar seu cliente que seu negócio tem um programa de indicações, você precisa ensinar seu cliente a indicar.

Uma vez que ele conhece a mecânica e as regras do seu programa, na hora de indicar, é quase que certeiro que a grande maioria dos novos clientes serão leads muito bem qualificados.

Com isso, você já ultrapassa etapas importantes e demoradas do seu funil de vendas. 

Vou voltar mais uma vez na máxima que, uma vez que o senso de indicar seja natural do ser humano, ele vai ajudar seus amigos e familiares a conhecerem o seu produto e serviço para agregar de maneira assertiva. 

Portanto, construa uma identidade para o programa de maneira a facilitar a visão de como seu cliente vai enxergar o funcionamento e os propósitos da sua participação.

 

Vale a pena investir em um programa de indicação?

 

Essa é uma pergunta que você mesmo vai ter que responder, partindo do princípio que você já tenha clientes satisfeitos com seus produtos e serviços.

Além disso, que eles são segmentados e, naturalmente, já têm o costume de indicar informalmente tudo aquilo que considera bom para seus amigos e familiares.

A resposta é óbvia né?

Claro que sim. Mesmo porque, você provavelmente já é indicado, no entanto, só precisa organizar o seu próprio programa conforme eu já falei para você.

Um bom programa de indicação vai aumentar o seu volume de vendas e o melhor – você não vai precisar investir em anúncios e sequer dar descontos.

Afinal, em tempos de crise como estamos vivendo, não podemos abrir mão de qualquer tipo de economia, não é mesmo?

 

Como montar um bom programa de indicação?

 

Agora que você já tem quase todas as informações sobre Marketing de Indicação, você deve estar se perguntando como montar o seu programa.

Basicamente, o Método de Vendas por Indicação se define através de alguns passos importantes na sua formatação.

Antes de mais nada, é preciso descobrir quem são os promotores da sua marca. Para isso, se utilize do NPS (Net Promoter Score). A recompensa é o segundo passo. A recompensa é a gasolina do marketing de indicação. No entanto, é necessário oferecer prêmios condizentes com a persona e com a sua capacidade. Nada de subornar seu cliente, oferecendo prêmios que vai quebrar sua empresa. Premie com algo que agregue valor entre sua marca e seu produto.

A definição da mecânica também é importante. Neste momento, você precisa definir em que momento vai recompensar. Se é apenas pela indicação ou quando a venda for finalizada, por exemplo. 

Como eu falei lá em cima, o terceiro passo é justamente a didática para com seu cliente. Você precisa ensinar ele a indicar. Por isso, tenha claro em seu programa uma espécie de manual nos seus canais de atendimento ao cliente. Vai ser fundamental para ele entender toda a dinâmica do seu programa.

O momento-chave também é um passo importante no seu programa. Ele é definido pelo momento em que o cliente está mais propenso a indicar. Eu sempre dou o exemplo da agência de turismo em que atuei.

Escolhemos o momento após a viagem, na qual o cliente esteja contente e satisfeito, para falar sobre o programa de indicações. Neste momento, como ele continua entusiasmado, as chances dele fazer indicações são muito grandes. Analise os melhores momentos e aproveite. 

 

Curso de marketing de indicação com o maior especialista do Brasil

 

Essas dicas acima são apenas o resumo de como você deve iniciar seu programa de indicação. 

No entanto, eu aconselho a você se capacitar para extrair ao máximo as ideias e fazer a aplicação corretamente para um aumento efetivo das suas vendas.

Aproveitando meu conhecimento dentro do marketing de indicação, eu tenho ensinado diversos empreendedores na montagem e na execução dos programas.

Isso tem levado eles a número até 10 vezes maior em vendas pelos meus cursos e mentorias.

O objetivo é conduzir desde o primeiro passo até o último na construção de um Programa de Indicação lucrativo, previsível e escalável do zero, sem ter que dar descontos, nem investir em mídia paga e sem usar afiliados.

Nas mentorias, é feito um diagnóstico dos negócios e na estratégia de marketing que vem sendo usada, com identificação dos pontos cegos do negócio. 

No curso online, o empreendedor será capaz de montar seu próprio programa de indicação absolutamente do zero para vender até 10 vezes mais. Esse curso está dividido em módulos com aulas curtas, simples e objetivas, para você absorver de maneira prática. 

 

Exemplos marketing de indicação: cases de sucesso

 

Através da Base Viral, empresa que eu criei para realizar  justamente para o trabalho de mentoria, foi idealizado o conceito da 4ª Força do Tráfego. 

A 4ª Força do Tráfego que eu tanto falo é o tráfego por indicação, cujo potencial de trazer resultados práticos e aumentar em até 10 vezes as vendas por indicação é altamente alcançável.

Eu separei alguns cases importantes de alguns clientes que obtiveram resultados enormes com os programas de indicação que eu ajudei a implantar (você pode ver outros aqui neste artigo).

No caso da Growth Machine foram realizadas algumas reuniões de diagnóstico e formatadas tarefas claras e assertivas para o primeiro programa de indicações.

Como resultado, alcançamos o melhor ROI e a indicação se tornou o segundo maior canal de vendas do cliente, com apenas 10% do custo do lead por tráfego.

No Churras Floripa utilizamos a estratégia de autoridade no nicho para conquistar novas indicações e obter mais influência no nicho dos churrasqueiros. O cliente alcançou como resultado prático o fechamento de novos negócios através de eventos e recomendações vindas de muitos outros locais do país.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto. 

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes? Conheça a mentoria em Vendas Por Indicação com Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto. Mais de 300 mentorados satisfeitos e mais de R$ 30 milhões colocados no bolso nos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis! 

Me acompanhe nos outros canais:
InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Curtiu? Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados