Estratégia de marketing: como fazer? Aprenda a atrair clientes

Como montar uma Estratégia de marketing eficaz? Entenda como o marketing de indicação pode te ajudar e veja como montar uma estratégia matadora!

Estratégia de marketing fazem parte de um conjunto de ações que, na prática, serve para atingir metas de divulgação, vendas e viabilizar a construção de uma imagem positiva para a marca.

Essas ações representam todo o seu esforço para dar visibilidade ao negócio, com a finalidade de atrair clientes e ser recomendado como autoridade no setor em que atua oferecendo seu produto ou serviço..

Porém, é importante lembrar que nem toda ação compreende a uma estratégia de marketing de fato.

Nesse instante, é importante considerar as características específicas do seu público e os próprios objetivos esperados com o marketing.

Seja qual for o tipo de  ação, ela precisa fazer parte de um planejamento e de um projeto, pois isso é o que irá definir o que funciona melhor para cada tipo de negócio. .

No artigo de hoje, vamos conceituar um pouco sobre o que é e como fazer uma boa estratégia de marketing. 

Continue acompanhando. 

O que seria uma estratégia de marketing?

Uma  estratégia de marketing faz parte de um conjunto de técnicas, campanhas e ações desenvolvidas para atingir determinados objetivos. 

Principalmente, elas auxiliam a empresa a identificar determinadas necessidades do mercado e do público-alvo, e, a colocar em ação práticas que ajudem a sanar essas necessidades.

Em resumo, esse conceito fala sobre criar um planejamento antes de agir. 

Isso é muito importante dentro de qualquer segmento, pois, atitudes impensadas podem gerar consequências graves para uma empresa ou uma marca.

Devido a isso, é muito importante traçar um plano antes de estabelecer qualquer tipo de atitude. 

Uma estratégia de marketing utiliza de ferramentas que podem auxiliar uma empresa a cumprir determinados objetivos, como, por exemplo, divulgação produtos ou aumento de vendas.

Hoje em dia, praticamente todas as empresas existentes trabalham com alguma técnica do gênero. 

Aplicado da forma certa, esse conceito pode trazer uma série de benefícios para a sua marca ou empresa.

Qual é a importância da estratégia de marketing?

Toda empresa tem como objetivo principal o crescimento e, para isso, é necessário ter um marketing eficiente. 

Evidentemente, criar um planejamento pensando especificamente no seu público, aumenta muito suas oportunidades de crescimento nessas ações.

Porém, tão importante quanto ter uma estratégia de marketing alinhada ao seu público-alvo, o planejamento dessas ações se faz necessário para impulsionar os resultados dessas estratégias.

O plano de marketing é o que conduz as estratégias, mantendo-as alinhadas com os objetivos organizacionais da empresa, além de criar diferentes alternativas, no caso de mudança no cenário da empresa.

Pensando nisso, eu preparei os principais pontos de um planejamento de marketing e a importância deles para que sua empresa se torne mais forte no mercado.

Como montar uma boa estratégia de marketing?

Precisamos considerar que um planejamento bem elaborado e focado em objetivos, pode alcançar resultados significativos, fazendo com que sua empresa se torne referência no assunto e alcance o reconhecimento do público.

Porém, para que tudo isso seja concretizado, existem alguns conhecimentos básicos que devem ser levados em conta, antes de elaborar a sua.

Primeiramente, você deve ter um planejamento voltado para o contexto geral de seu projeto, considerando qual o seu objetivo, qual a melhor maneira de interagir com seu público e como o conteúdo será distribuído e o principal de tudo, sempre mensurar resultados. Confira alguns passos importantes. 

1 – Defina os objetivos

A definição dos objetivos é essencial para a elaboração da sua estratégia de marketing. 

Nesse momento, é primordial que seja traçado um caminho a ser seguido. Com isso, poderá evitar maiores transtornos, que poderão prejudicar os resultados finais de seu projeto.

Além disso você deverá ser capaz de compreender os principais objetivos a serem seguidos durante o planejamento. 

É preciso fazer as seguintes perguntas:

O que a empresa deseja alcançar? Preciso aumentar as vendas? Preciso aumentar a reputação da minhas marca? Preciso ganhar mais popularidade? O objetivo é o aumento e geração leads? Quais serão minhas principais métricas?

2 – Se comunique de forma constante

Esse passo é conquistado através da elaboração de conteúdos de qualidade para o seu público.

É necessário que esse conteúdo seja de qualidade e que comunique com as pessoas certas.

Como a ideia principal é atrair o público e despertar interesse genuíno nos produtos ou serviços da empresa, é preciso estudar bem quem é esse público. 

Ou seja, primeiro saber quais são seus interesses, dúvidas e desafios, para então oferecer conteúdos que o ajude a resolver os problemas que tem ou o faça enxergar uma oportunidade.

Importante que seja uma oportunidade ainda não vista, onde a solução é exatamente o que a sua empresa oferece.

Esse caminho é conhecido como de funil de vendas, que tem por o objetivo ajudar o público a caminhar até o fim da jornada para efetivamente se tornar um cliente. 

3 – Siga boas práticas

Perseguir boas práticas também tem um papel importante no sucesso do seu planejamento.

Especialmente quando falo de estratégias digitais, toda mudança acontece muito rápido. 

Seja qual for o assunto — desde SEO à e-mail marketing , é muito importante que você se mantenha atualizado em todos eles.

Não esqueça de acompanhar blogs especializados, investir sempre em capacitação e testar novas possibilidades de acordo com o que você observa de resultados em torno da sua estratégia.

Esse exercício vai levar você à constantes atualizações caso aconteçam mudanças radicais.

4 – Analise resultados

Para analisar resultados, procure utilizar ferramentas de web analytics. 

O Google Analytics é a mais famosa do segmento e permite mensurar a quantidade e origem dos visitantes, palavras-chave, ROI, taxas de conversão, geração de leads e outras métricas customizáveis.

Além disso, é possível contar com as ferramentas de análise de resultados geradas pelas próprias redes sociais, pelos gerenciadores de conteúdos e plataformas de marketing digital.

Também é possível terceirizar a medição ou contar com softwares e sistemas que produzem relatórios de análise, como plataformas de automação de marketing, gerenciamento de conteúdo para redes sociais, etc.

Independentemente do método adotado por sua empresa, é essencial mensurar os resultados de marketing digital. 

É por meio dessa metrificação que se torna possível identificar possíveis erros e oportunidades de otimização da estratégia.

5 – Estabeleça personas sólidas

Persona é a criação detalhada de um personagem fictício que representa perfeitamente seu público-alvo.

Nela é que especificamos seus desejos, objetivos, hábitos, interesses, faixa de renda, motivações, entre outros. E quanto mais dados, informações e detalhes melhor.

A oferta de serviços tem sempre que ser vista como uma solução para possíveis problemas ou oportunidades que nossos clientes possuem. 

Para identificar e solucionar melhor esses problemas e aproveitar essas oportunidades, é necessário conhecer muito bem nossos clientes. 

Esse estudo é crucial, também, para entendermos como nosso alvo interage nos ambientes digitais.

6 – Utilize bons canais de marketing

Com um bom e detalhado estudo sobre seu público e construção da sua persona, o desenvolvimento da sua estratégia de marketing fica mais simples.

Isso porque com o levantamento dela e com os resultados passamos a compreender como nosso público prefere consumir conteúdo e quais redes ele acessa com mais frequência.

Um dos primeiros e mais importantes passos é definir o conteúdo da marca e diferenciar as abordagens do mesmo conteúdo para os diferentes canais usados pela empresa. 

Ou seja, quando desenvolvemos o mapeamento estamos mapeando os temas, assuntos e abordagens de maior sucesso com o público. 

Além disso é fundamental a identificação de conteúdo por canal.

Cada plataforma tem seu estilo mais adequado de postagem e seus respectivos temas, formatos, CTAs (chamada para a ação). 

Para que um post faça sucesso em um canal, ele tem que seguir o padrão e características do mesmo, além do comportamento de consumo do próprio público. 

De nada adianta um ótimo conteúdo se seu formato não está adequado à plataforma em que ele se encontra, pois provavelmente não irá captar a atenção do público que por ele navega.

7 – Disponha de ferramentas de qualidade

Ferramentas da qualidade são metodologias e técnicas utilizadas para identificação e priorização de problemas, elaboração e implementação de soluções e verificação de resultados. 

Assim como um médico tem suas ferramentas cirúrgicas, o engenheiro seus instrumentos de trabalho, os gestores de empresas também possuem as suas.

Uma delas é conhecida como ciclo PDCA. 

O ciclo PDCA é um método para fazer alterações nos processos de trabalho e melhorar os padrões. 

O ciclo PDCA é empregado por pessoas em muitos níveis de uma empresa.

De muitas maneiras, essa ferramenta é uma ótima introdução à organização correta. 

O ciclo PDCA leva toda a produção à eficiência e se esforça para melhorar os processos. 

Além dela, existem outras ferramentas que vão construir seu caminho e auxiliar na elaboração do seu plano.

8 – Entenda o ambiente digital

Hoje, não basta ter um site ou um perfil nas redes sociais. 

É preciso disponibilizar cada vez mais canais de comunicação para que o público consiga efetivamente interagir com a marca.

Muito provavelmente já teve que dividir a atenção de alguém com uma tela de smartphone. 

E convenhamos, não há nenhuma perspectiva de que isso mude tão cedo. 

O erro das empresas vai justamente na direção oposta, quando tentam disputar a atenção de seus leads nesse ambiente usando estratégias tradicionais de marketing.

Para onde seus clientes olham enquanto se distraem? 

Para as redes sociais disponíveis logo ali, no dispositivo em seu bolso. 

Nela é onde se encontra uma das oportunidades de se destacar.

Com isso em mente, ofereça algo atrativo, para que esses usuários se interessem e se mantenham conectados à sua marca.

9 – Use KPIs apropriados

KPI é a sigla para o termo em inglês Key Performance Indicator, e tem como significado indicador-chave de desempenho. 

Ele é utilizado para medir o desempenho dos processos de uma empresa e, com essas informações, colaborar para que alcance seus objetivos.

Trata-se de uma técnica muito utilizada por empresas e gestões, pois possibilita que comuniquem o desenvolvimento da empresa aos demais colaboradores.

Por meio dos KPIs, todos os funcionários conhecem e tornam-se envolvidos na missão da corporação, a fim de alinhar os esforços em torno das estratégias de marketing das empresas.

Dessa forma, por meio dos resultados apontados nos KPIs, é possível quantificar o desempenho da empresa e permite que todos entendam o quanto suas atividades colaboram para o sucesso desses números.

Qual é a melhor estratégia de marketing?

Antes de mais nada, é preciso dizer que alinhar e definir estratégias de marketing são passos essenciais para qualquer tipo de negócio.

Eles devem ser pensados, sobretudo, para atingir o público e a persona ideal para uma comunicação direta e assertiva para canalizar energia e investimentos de forma correta para conversão.

Existem vários tipos de estratégia e cada uma delas tem sua peculiaridade, seja na forma orgânica ou patrocinada.

Agora que você já sabe detalhes de como funciona uma de estratégia de marketing vem a pergunta:, Qual é a melhor delas diante dos objetivos? A resposta é: Não existe a melhor. Existe a que funciona de acordo com o seu negócio. 

Eu tenho a minha aposta.

Não é por acaso que as empresas planejam concentrar no meio digital 75% dos investimentos em marketing nos próximos cinco anos.

Isso porque ela é mais barata e obtém resultados mais rápidos e um ROI muito mais palpável.

Além disso, com as métricas existentes, você consegue monitorar o resultado de suas estratégias e descobrir quantas pessoas foram impactadas por elas.

No entanto, é sobre o marketing de indicação que eu sempre venho falando, até mesmo por ser o maior especialista do Brasil no segmento. 

Eu sempre bato na tecla de que a indicação é algo que faz parte da natureza do ser humano, ou seja, de todos nós.

Marketing de indicação para aumentar as vendas

Sem me estender muito nos conceitos do Marketing de Indicação, eu recomendo que você leia esse artigo

o Marketing de Indicação significa a minha contribuição em torno do que eu aprendi durante toda a minha experiência profissional desde muito jovem e que conduziu mais de 300 negócios e pessoas a gerar mais de R$ 25 milhões em faturamento como resultado.

Existem diversas estratégias com foco em como vender mais, concorda? 

No entanto, o boca a boca e a sua “versão completa e organizada” como eu costumo chamar o marketing de indicação, continua sendo uma poderosa ferramenta de vendas.

Se você quer aumentar sua receita a partir das próprias vendas, o primeiro passo é você dar início no seu Programa de Indicação.

No meu blog, eu praticamente dou o passo a passo para você montar seu primeiro programa com dicas incríveis que eu forneço em meus cursos e para os meus mentorados. 

É muito importante que você saiba que é possível fazer um modelo de estratégia de marketing de indicação para absolutamente qualquer tipo de negócio.

O Marketing de Indicação é o método de gerar vendas utilizando os seus próprios clientes atuais. Se os seus clientes estiverem satisfeitos com seu produto ou serviço, a tendência dele indicar a experiência positiva para amigos, familiares e conhecidos é enorme.

Clientes que são indicados têm uma tendência muito maior à retenção e fidelização ao produto e serviço do que outros que vieram de outros canais de vendas.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria Vendas Por Indicação com o Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto. 

Mais de 300 mentorados satisfeitos, mais de R$ 30 milhões colocados no bolso dos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis.

Estratégia de marketing

Me acompanhe nos outros canais:

InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Curtiu? Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados