Descubra como tornar sua empresa indicável e conseguir novos clientes através de clientes antigos.

Você sabia que nem toda empresa é indicável? Pois é, nem toda empresa pode usar marketing de indicação. E antes de começar a montar o seu programa de indicação, você deve ficar atento a isto: se o seu produto ou serviço não é de qualidade, não perca seu tempo tentando montar programas de indicação, pois você não é indicável. Vou explicar.

Indicar é algo natural do ser humano

Indicar é algo natural do ser humano. De acordo com o livro “Sapiens: Uma Breve História da Humanidade”, de Yuval Harari, nós indicamos desde sempre. Na era das cavernas, por exemplo, mesmo sem ter um dialeto formado, nós nos comunicávamos principalmente para alertar a tribo sobre perigos ou possíveis oportunidades: nós indicávamos quais lugares eram os melhores e os piores para ficar.

Por exemplo: se, ao explorar uma região, um homem da caverna encontrasse um rio com água boa para beber e se banhar, ele voltava à tribo e contava imediatamente sua descoberta. Afinal, nossa sobrevivência dependia disso. 

O mesmo serve de modo contrário: se algum homem pré-histórico se deparasse com um tigre de dente de sabre na entrada de uma caverna, sua recomendação para a tribo seria de manter a maior distância possível do lugar. Novamente a sobrevivência grita mais alto.

Esse comportamento natural foi passando através das eras e não foi esquecido, de forma alguma. Afinal, quem nunca indicou algum restaurante com um ótimo atendimento ou um filme do qual gostou muito? O comportamento de indicar algo foi apenas refinado. 

Indicações negativas?

Mas o contrário ainda é válido. Quem nunca alertou um amigo sobre uma loja com produtos de pouca qualidade ou uma empresa com serviço fraco? Se o seu produto, atendimento e serviço não forem de boa qualidade, você não é indicável. 

No melhor cenário, as pessoas simplesmente não irão indicar a tua empresa. No pior cenário? As pessoas irão alertar seus amigos e parentes sobre o péssimo serviço que você entrega e recomendarão exatamente o que você menos quer: que não comprem de você, assim você não será indicável.

É por isso que minha empresa inclusive deixa de atender empresas que sabemos que não oferecem um bom produto ou serviço, que não são indicáveis. Afinal, temos a ética de cumprir o que prometemos. E se sua empresa não oferece um produto de qualidade, não posso prometer que o programa de indicação irá funcionar. Pois sua empresa não é indicável.

Entretanto, se sua empresa tem um bom produto ou um bom serviço, mas um marketing que deixa a desejar, nós te receberemos de braços abertos. Aqui na Base Viral nós não apenas ajudamos você a montar o teu programa de indicação como também auxiliamos a reparar e consertar erros de outras partes do marketing. Na nossa consultoria e mentoria, estamos disponíveis para ajustar o que for necessário na área de marketing para dar início ao seu programa de indicação, para você assim se tornar indicável.

Como se tornar indicável

Ao certificar que seu produto ou serviço é de qualidade, você pode realizar algumas outras coisas para se tornar ainda mais indicável. É interessante colocar em prática as dicas a seguir antes de implementar o teu programa de indicação. Isso porque tornar-se indicável tem a ver com possíveis novos clientes e clientes atuais. 

Primeiramente, para você se tornar indicável, você deve tornar-se visível. Atualmente, principalmente por conta do impacto que o isolamento social e a pandemia trouxeram, tudo se tornou online. As pessoas pedem recomendações online, elas procuram serviços e atendimentos online. Até mesmo seu par perfeito pode ser encontrado online, através de aplicativos de relacionamento e paquera. O mundo virtual e presencial se colidem o tempo todo. Portanto, você não deve apenas se concentrar no mundo presencial. Não aparecer nas redes sociais e nas pesquisas do Google é deixar dinheiro na mesa.

Por isso, a produção de conteúdo e publicação em redes sociais são essenciais. Aqui, é necessário descobrir qual o canal principal (Facebook, LinkedIn, Instagram, YouTube, WhatsApp, etc.) que seu público alvo utiliza e investir nele. O marketing digital se torna necessário para mostrar ao público que você existe, você oferece um bom produto e um bom serviço e eles podem contar contigo: você é indicável. Se seus clientes atuais te indicarem a amigos e família, eles não irão se decepcionar, assim como seu cliente inicial não se decepcionou com você.

Networking

Outra opção valiosa aqui é realizar um networking com os líderes do setor no qual você trabalha. Essa dica é especialmente valiosa para infoprodutores. Realize lives e parcerias com outros infoprodutores, por exemplo. Dessa forma, além de você apresentar sua empresa, quem você é e o que você faz, você alcança uma nova base de possíveis clientes: os seguidores do outro infoprodutor. Os dois lados saem ganhando uma nova possível base de clientes. 

Além disso, é como se ambos estivessem “indicando” um ao outro. Afinal, você não irá produzir conteúdos e parcerias com alguém que não confia, não tem um produto ou serviço de qualidade, não é mesmo? Inclusive, este é um exemplo de uma alavanca de vendas da qual gosto muito: a alavanca da autoridade.

Alavanca da Autoridade

Você produzir um projeto com alguém bem conceituado na sua área já transmite uma boa autoridade para quem o vê. Quanto mais autoridade você demonstra ter no assunto, mais as pessoas irão confiar em você e maior será o desejo de consumir o seu produto. Afinal, de quem comprar, senão do melhor em seu nicho?

A alavanca da autoridade se baseia em tudo que você coloca na sua comunicação que mostre que você é uma autoridade. É importante deixar claro se você atendeu clientes importantes e grandes. Caso você tenha feito cursos grandes e especializantes, deixe isso claro. Restaurantes com estrelas Michelin (uma das maiores honras da gastronomia) estampam sua conquista muitas vezes na faixada do estabelecimento, por exemplo. Se você tem ou é especial, deixe isso claro. 

Apresente você o seu melhor resultado. Aqui não é hora para ser modesto. Quanto mais qualificado você mostrar ao seu cliente que é, maior o valor percebido por ele. Já ganhou prêmios? Mostre. Aqui, a internet e o marketing digital continuam a ser grandes aliados. Além do ambiente físico e do cartão de visitas, organize seu cartão de visitas online: seu site, suas redes sociais, etc. 

Poste fotos, vídeos e prints das suas conquistas. Vídeos da premiação que participou, prints dos certificados que recebeu, fotos com suas conquistas no geral, etc. Escreva também sobre suas conquistas: monte um histórico, conte sobre seus cases. Palestras e eventos também são grandes forças na alavanca da autoridade. Estou dizendo: tudo o que você fizer que possa mostrar ao seu cliente que você é o mais adequado e especializado para a tarde, MOSTRE!

Peça permissão para seus maiores clientes para mostrar que chegou a atendê-los. Atendeu grandes empresas, famosos, etc.? Conte! Mostre! Poste! Caso você não tenha atendido grandes nomes, conte o número de clientes que já atendeu. Afinal, quanto mais gente já comprou de você, mais isso mostra como seu produto ou serviço é de qualidade e confiável. Você prefere confiar em alguém que atendeu 5 ou 50 clientes? Qual deles você acha que é o mais qualificado e tem mais experiência para o serviço?

Alavanca da Prova Social

Falando em clientes, outra alavanca de vendas que pode auxiliar muito para seu negócio se tornar indicável é a alavanca da prova social. Ela consiste basicamente em publicar e mostrar depoimentos de clientes seus que já foram atendidos e estão satisfeitos com a entrega. Entretanto, simplesmente postar de forma aleatória depoimentos não-planejados pode não ser o mais inteligente. Vou explicar.

Existem diversos tipos de depoimentos, mas todos eles têm a mesma função: contar ao cliente que o produto funciona e fazê-lo comprar seu produto ou serviço. Entretanto, as pessoas costumam ter diversas oposições a um produto, com a intenção de não gastar com isso. Os depoimentos servem para desmontar cada objeção feita ao seu produto ou serviço. 

Por exemplo: se eu digo que não tenho tempo para aprender uma nova língua, o aplicativo de idiomas monta uma grade que te pede uma atenção especial para isso de apenas 15 minutos por dia. Se você conseguir com que um cliente seu grave um depoimento contando que conseguiu seguir com sua rotina normalmente e ainda realizar as aulas, conseguindo um nível mais avançado no idioma, você acabou de quebrar a objeção do seu possível cliente. Ele não tem mais motivos para não comprar de você.

Portanto, para cada objeção diferente, existem depoimentos diferentes que podem rompê-las e convencer a pessoa a comprar de você. Portanto, quanto mais depoimentos diferentes você tiver, maior o número de objeções que você estará quebrando. Colete tais depoimentos e publique em suas redes sociais, seu site oficial, seu canal no YouTube, etc. Quanto mais pessoas puderem ver tais depoimentos, melhor será a repercussão em suas vendas.

Como conseguir depoimentos

“Mas, Rodrigo, como faço para conseguir tais depoimentos?”. É mais simples do que se imagina: basta pedir. Não tenha medo de pedir aos seus clientes depoimentos sobre o serviço ou produto que lhes foi entregue. Entretanto, existem jeitos mais assertivos de fazer isso.

Primeiramente, lembre-se de pedir depoimentos para os clientes mais satisfeitos que tiver. Quanto maior a satisfação do consumidor, melhor será o depoimento. Obviamente, nem perca tempo pedindo a clientes insatisfeitos. Eles têm um outro tipo de conhecimento melhor para lhe dar. 

Além de pedir para os clientes mais satisfeitos, peça no momento de maior satisfação do cliente. Lembre-se: você não quer ser um empecilho para seus clientes, você não quer incomodá-los. E pedir por depoimentos nos momentos de maior satisfação pode ajudar a conseguir mais depoimentos de forma menos incômoda. “E quando seriam esses momentos?”, sei que você vai perguntar. E eu já te respondo: quando o cliente percebe o valor do produto ou consegue uma conquista finalmente, por exemplo. 

Os momentos que seu cliente estará mais satisfeito serão quando ele perceber que gastar seu dinheiro com a sua empresa de fato valeu a pena. Geralmente, isso se dá quando seu cliente atinge os resultados prometidos por você, por exemplo. Segue um exemplo na prática: imagine um personal trainer que promete reduzir seu peso em X dias. Ao final desses X dias, quando o cliente tiver o peso reduzido e perceber que seu dinheiro valeu a pena com esse personal, ele poderá pedir que o cliente grave um vídeo contando sua experiência, como atingiu seus objetivos, contando sobre os resultados, etc.

E, sim, em vídeo. Ler alguém contando sobre seus resultados não é o mesmo do que ver e ouvir. Um vídeo do cliente contando como o personal trainer transformou seu corpo e ajudou a conseguir sua auto-confiança de volta é muito mais emocionante do que apenas ler como a pessoa conseguiu isso.

E quando eu digo vídeos, não estou dizendo que precisa ser algo tão elaborado, não. Inclusive, quanto mais tosco, melhor. Vídeos gravados pelo celular, com o cliente em casa demonstrando seus resultados de forma verdadeira acabam trazendo muito mais credibilidade e confiança do que um vídeo montado, com cenário e câmera profissional. Isso porque parece que o cliente resolveu contar por vontade própria, e não que foi forçado a gravar o vídeo ou algo do tipo. Essa é uma ótima ferramenta que pode te ajudar a se tornar indicável.

Concluindo

Tornar-se indicável depende apenas de você. Neste texto, você encontrará algumas dicas que podem te ajudar a construir uma confiança e credibilidade maior para a tua empresa, se tornando mais indicável. Devo lembrar, entretanto, que não adianta você ser uma empresa indicável se ninguém te indica. Para isso, você precisa de um programa de indicação que te ajude a estimular e turbinar suas indicações. Quer ajuda com isso? Clique aqui para adquirir minha consultoria e transforme sua empresa de uma vez por todas.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria em Vendas Por Indicação com Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto.

Mais de 300 mentorados satisfeitos e mais de R$ 30 milhões colocados no bolso nos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis!

Empresa indicável: como se tornar uma

Curtiu? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

3 dicas para você impulsionar suas vendas

3 dicas para você impulsionar suas vendas

Este texto irá dar algumas dicas de como você pode impulsionar suas vendas de forma simples e garantida. Irei dar alguns exemplos de como você pode utilizar no seu negócio para impulsionar suas vendas.

Duas alavancas de vendas para alavancar o seu negócio

Duas alavancas de vendas para alavancar o seu negócio

Este texto visa explicar o que são alavancas de vendas, citar alguns exemplos e ensiná-las a aplicar tais alavancas de vendas no seu negócio. No total, existem 16 alavancas de vendas. Entretanto, neste texto irei mencionar apenas duas das alavancas de vendas existentes, para poder me aprofundar mais nas alavancas escolhidas.

CONSULTORIA

Quer ter a ajuda do maior especialista do Brasil em Vendas Por Indicação no seu negócio?

Conheça a nossa consultoria para empresas.