Apresentação em palestras: Como eu me preparo para cada uma delas

Apresentação em palestras, reuniões e workshops é algo que levanta muita curiosidade entre meus seguidores. Resolvi fazer esse artigo contando sobre como eu me preparo para cada uma delas. Confira.

Apresentação em palestras e como se preparar corretamente para cada uma delas é um dos assuntos mais questionados no que diz respeito à dicas que eu possa dar.

Por isso mesmo resolvi fazer esse artigo falando exclusivamente em como me preparo para cada uma delas, dando dicas gerais para você que tem dúvidas de como se desenvolver melhor para elas.

Como eu me preparo para as palestras

Primeiramente, vou falar de como eu me preparo.

A primeira coisa que aprendi é ter o controle da respiração. Os fundamentos da Yoga são fundamentais para você que quer saber mais sobre como ter o controle sobre ela.

Então, antes de iniciar a minha Apresentação em palestras, eu respiro por 5 segundos e expiro por 10 segundos.

Percebeu que o tempo de expiração é maior que o da respiração?

Isso porque eu aprendi no yoga que se nós expirarmos por um tempo maior que o ato de respirar, acalma o nosso corpo e a nossa mente.

Realmente, depois que eu consegui inserir essa pequena ação em meu cotidiano, sempre que exercito a respiração, consigo me concentrar melhor e alinhar meu “eixo”.

A segunda dica que eu recomendo é a preparação do conteúdo.

Antes da minha Apresentação em palestras, eu procuro decorar pelo menos os 2 ou 3 primeiros minutos do conteúdo que eu vou passar, incluindo os slides.

Isso porque, o início é sempre a parte mais complicada, onde o orador fica mais nervoso por conta da adrenalina.

No meu caso, o início da palestra é onde eu me sinto mais à vontade, porém, isso foi conquistado com o tempo e a prática.

Geralmente, é no início que as pessoas ficam mais susceptíveis a erros.

A minha recomendação é que seja decorada a primeira parte da apresentação, pois o restante vai fluindo normalmente conforme ela vai passando.

Claro, não preciso nem falar, além de decorar o início, temos que ter o conhecimento total sobre o conteúdo que vamos falar.

Uma outra dica é criar pontos fixos de atenção no local da Apresentação em palestras.

Outra coisa que eu costumo fazer é chegar antes no evento para conhecer o local e assistir palestrantes anteriores.

Isso é importante para que não seja cometida nenhum tipo de gafe na hora de você apresentar a sua, além de ter uma percepção maior como é relação do palco com o público.

Feito isso, para aumentar minha confiança na minha apresentação em palestra, eu escolho três pontos fixos no auditório.

Faço isso para que eu tenha nesses pontos uma segurança, que vai fazer com que eu não me perca com o olhar vago pelo auditório inteiro.

Tente experimentar isso. Escolha seus pontos e procure sempre permanecer invertendo a direção do olhar para cada um deles.

Essa ação vai te trazer mais confiança e concentração na hora de falar sobre o seu conteúdo.

Uma outra dica que eu aprendi através de um evento apresentado pela psicóloga Emy Cudy foi sobre as Poses de Poder.

Poses de Poder nada mais são sobre as poses do corpo que emitem sentimentos para o nosso cérebro.

O nosso corpo pode transmitir para a nossa mente o sentimento que quisermos, de acordo as nossas posições corporais.

Antes da minha Apresentação em palestras eu sempre procuro um lugar reservado para “exercitar” as minhas poses de poder.

Geralmente eu me exercito com o peito aberto, braço para cima, pés posicionados para fora do eixo do corpo e cabeça ereta.

Como eu disse, eu procuro fazer isso dentro do camarim ou em algum lugar escondido, o que me traz mais confiança logo no início da apresentação.

A confiança no início faz fluir o restante de maneira muito mais natural.

Bom, essas são apenas algumas dicas de como eu me preparo para as minhas palestras.

Além delas, eu vou falar abaixo sobre algumas técnicas que você pode utilizar para as suas. Confira.

Algumas técnicas para Apresentação em palestras

No mundo do marketing digital e vendas, as palestras e workshops são modalidades muito exploradas para transmissão de conteúdo e comunicação.

Se o seu intuito for expor sobre o seu produto e serviço, o primeiro pensamento deve ser como você vai abordar o tema na sua Apresentação em palestras.

Fazendo uma análise comparativa, imagine o professor em uma sala de aula e uma reunião de negócios.

No primeiro caso, o objetivo é fazer com que a matéria seja estudada para passar didaticamente aos alunos.

Já em uma reunião, a didática também se faz necessária, desta vez para instruir os companheiros de trabalho sobre as tarefas e objetivos a serem cumpridos.

Pela clareza e didática, você fará uso das técnicas de apresentação expositiva.

Já nos workshops, palestras e eventos discursivos, seu conteúdo vai necessitar de uma narrativa mais envolvente e que prenda a atenção do público.

Desta maneira, você vai cadenciar os fatos, dados e expor o seu conhecimento para fechar seu ciclo de ideias e conceitos.

Afinal, a finalidade é que as pessoas se encantem pelo seu conhecimento e olhem para você na Apresentação em palestras como uma autoridade sobre o assunto que está dissertando.

O seu nível de convencimento tem que estar acima da média para que a aplicação das técnicas abaixo sejam efetivas.

Vou falar um pouco sobre algumas delas.

Técnica de Exposição

Foi a que eu falei há pouco. As técnicas de Apresentação em palestras é utilizada bastante por professores, treinadores e líderes de equipe no mundo corporativo.

Essa técnica visa explicar com clareza um ponto de vista sobre determinado assunto.

Todo o enredo que será passado deve expor ideias, instruções e argumentos que devem ser entendidos de maneira objetiva e direta pelos receptores.

Um outro fator importante que se aplica em todas as técnicas é a adequação de linguagem.

Ou seja, é necessário que você adapte a linguagem de acordo com o público.

Não adianta você direcionar uma linguagem técnica a um público leigo ou uma linguagem mais coloquial a um público mais técnico.

Adaptando sua linguagem na Apresentação em palestras, você vai garantir que todos tenham um bom entendimento sobre a mensagem que você irá passar.

Técnica de Narração

Quando falamos em narrativa, pensamos logo em contação de histórias ou fatos temporais.

No entanto, essa técnica não é utilizada somente a fatos relacionados à ficção.

A narrativa pode ser empregada através de elementos desta estrutura e transportada para palestras e apresentações.

Desta maneira, a Apresentação em palestras terá um início, meio e fim, conduzindo os receptores e público em geral a uma sequência lógica.

Um recurso que vem sendo muito utilizado que faz parte deste contexto é o famoso storytelling.

Nesta modalidade, a apresentação leva as pessoas em um tipo de jornada, onde o público acompanha uma série de fatos através de uma mensagem central.

Essa é uma técnica bem legal de apresentação, pois traz um engajamento considerável com o público.

Técnica de persuasão

Basicamente, essa técnica de Apresentação em palestras tem como objetivo o convencimento.

No caso, o palestrante apresenta e promove um conteúdo de modo a fazer com que os ouvintes se sintam persuadidos.

Muito importante em reuniões de negócios e palestras de vendas, a técnica de persuasão tem um detalhe importante.

Antes do assunto convencer as pessoas, ela tem que ter conteúdo o suficiente para convencer o próprio palestrante.

Nesta síntese, a segurança sobre o assunto é fundamental, pois ninguém se sentirá seguro se o palestrante não imprimir convencimento sobre a proposta.

Com isso, é fundamental que palestrante tenha total domínio sobre o assunto e o tema proposto.

O conhecimento sobre o tema faz com que qualquer refutação dos receptores sejam quebrados em qualquer momento.

Neste quesito, podem ser usados outros métodos de persuasão, como técnicas emocionais, apelo para escassez e urgência a ção.

Um dos melhores métodos para quem precisa negociar e convencer muitas pessoas ao mesmo tempo.

Preparo da apresentação

Como falei lá o início, existem alguns macetes para você se preparar psicologicamente para uma palestra.

Ainda mais se forem as primeiras. Então é natural que alguns se sintam inseguros no início.

Acredite. Até os mais “soltos” precisam se preparar corretamente para uma apresentação.

Lá em cima, eu falei sobre as minhas técnicas pessoais no preparo das minhas palestras.

Além delas, eu vou listar algumas dicas gerais que são fundamentais para o sucesso de uma oratória segura.

Conhecimento do assunto

Fundamental para qualquer aplicação das técnicas mencionadas acima na sua Apresentação em palestras.

Afinal, de que adianta o domínio da técnica se o palestrante não conhece o assunto sobre o qual vai dissertar?

Principalmente, porque o medo de falar em público vem à tona quando o assunto não é dominado pelo palestrante.

Sendo assim, a primeira tarefa é o aprofundamento e o domínio total sobre o tema que será apresentado.

Quando se tem o domínio sobre o assunto, qualquer uma das técnicas terão as chances aumentadas em relação ao seu êxito.

Conhecimento do público

Um fato muito importante é o conhecimento sobre o público sobre o qual você fará sua Apresentação em palestras.

Importante medir neste aspecto o nível de conhecimento que a plateia tem sobre o tema.

Além disso, qual condição social ela se encontra e qual a disposição que ela terá para ouvir sua apresentação.

Essas respostas ajudarão você a construir um perfil sobre a sua audiência.

Com isso, você conseguirá traçar de forma mais fácil a estratégia para reter a atenção do público.

Recursos da apresentação

Além da aplicação de técnicas, utilizar os recursos materiais podem ajudar e muito na sua apresentação.

Alguns estudos verificam que as pessoas lembram apenas 10% do que escutaram, 20% do que leram e 80% do que viram e fizeram.

Ou seja, a comunicação textual na hora da sua apresentação será fundamental na hora de você atuar na fixação da mensagem.

A participação também é importante neste sentido. Se possível, envolve seu público com exercícios e dinâmicas que tenham a ver com o assunto da sua apresentação.

Tenha foco em uma apresentação adequada ao seu assunto, mas não aba mão dos recursos audiovisuais e ferramentas para sua palestra.

Check-list de apresentação

Agora que você já sabe de quase tudo sobre dicas de Apresentação em palestras, que tal fazer um checklist para que nada passe em branco?

Em relação ao tema, confira a seguinte ordem:

  • O que é? Estude o tema a ser abordado profundamente.
  • Para quem? Conhecer o público e ter claro o objetivo ao falar para o público.
  • Com o quê? Revise a estrutura e recursos como: Tempo, espaço e ferramentas.
  • Como? Quais as técnicas que você vai utilizar durante a palestra a ser apresentada.
  • Por que? Ter claro em mente qual o seu objetivo com a palestra. Vendas, Consultoria, Mentoria e etc.
  • Roteiro! Seu plano de apresentação de que deve conter o tempo a ser utilizado e os assuntos previamente selecionados.
  • Revise! Hora de revisar todo seu conteúdo e repassar sua palestra da maneira que ela vai ser comunicada.

Como falar bem em público?

Agora que você já tem em mãos através do seu checklist todo o roteiro da sua Apresentação em palestras, é natural que venha a dúvida sobre a capacidade de falar em público.

A comunicação verbal compreende que falar em público requer propriedade, técnica e objetividade para que você marque presença e dê impacto.

Isso significa que você precisa estudar bastante a expressão dos seus conhecimentos.

Não adianta ter o domínio sobre o assunto e a preparação técnica adequada se você tiver dificuldade de se expressar.

Para se comunicar com o seu público (que você já conhece!) seja claro, expondo ideias e narrando seu conhecimento sobre o assunto.

A persuasão de acordo com o seu objetivo virá de forma natural, desde que você conheça a linguagem que o público vai assimilar previamente,

É fundamental que a dicção seja aperfeiçoada, com ritmo e tom adequado, além do controle da ansiedade e do nervosismo.

Lembra que lá no início falei sobre a importância dos exercícios de respiração que a yoga me proporcionou?

A naturalidade é outro fator importante ao passar a mensagem.

O medo a insegurança fazem com que a naturalidade se perca no meio do caminho e isso vai colocar sua apresentação em risco.

Portanto, é primordial que você estabeleça o controle total sobre o assunto e sobre os sentimentos extra-assunto que possam desviar sua atenção.

Essas foram algumas dicas que eu sempre utilizo em minhas Apresentações em palestras.

Gostou? Tem alguma dúvida ou alguma outra dica que você acha importante. Deixe seu comentário e não esqueça de dar aquela compartilhada nas suas redes sociais.

E você? Já vende por indicação mas nunca incentivou seus clientes a indicarem? Sente que poderia estar vendendo muito mais através dos seus clientes?

Conheça a mentoria em Vendas Por Indicação com Rodrigo Noll, o maior especialista do Brasil no assunto.

Mais de 300 mentorados satisfeitos e mais de R$ 30 milhões colocados no bolso nos seus clientes.

Clique aqui e definitivamente crie um canal de vendas previsíveis, utilizando apenas os seus clientes atuais sem precisar gastar mais em anúncios nem contratar ferramentas caras. Poucas vagas disponíveis! 

Me acompanhe nos outros canais:
InstagramLinkedInYouTube e Telegram

Curtiu? Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados